Omissão de informações que bancos não dizem na venda de um consórcio

Os vendedores não são totalmente transparentes no momento de venda de um consórcio. Se você já passou por isso, sabe do que estamos falando. E é comum que essa omissão gere muitos problemas na vida do consorciado.

Imagine a seguinte situação: você começa a investir em um consórcio para compra da casa dos seus sonhos. Você já se planejou para pagar todas as parcelas.

No momento de receber a sua carta contemplada, você percebe que poderá realmente ter o benefício. Seu sonho de ter uma casa vai por água abaixo. O que acontece? O que, realmente, os bancos omitem? E mais importante: o que você pode fazer?

Vamos entender tudo isso com mais calma a seguir. Se você já passou por uma situação dessas, você não está sozinho. Sabemos como pode ser frustrante, e vamos te ajudar a retomar a confiança e investir com transparência da próxima vez.

O momento da contratação

Nessa hora, tudo parece estar conforme o necessário. Se você for agora em um banco e falar com o seu gerente para entrar em um consórcio, tudo será feito com rapidez.

Digamos que você queira entrar em um consórcio para compra de uma casa no valor de 500 mil reais. A venda ocorrerá sem que você saiba que precisará ter renda comprovada no mínimo de 4 a 5 vezes maior que o valor da parcela.

Vamos explicar mais abaixo como realmente tudo funciona. Porém, no momento da contratação é a isso que você deve se atentar: a comprovação de renda. É ela que pode colocar tudo a perder.

De fato, os bancos vendem uma oportunidade muito fácil. Entrar em um consórcio é simples, desde que você cumpra os requisitos de comprovação da renda. Porém, os gerentes te colocarão uma proposta sem nem citar isso.

Você pode estar se perguntando: mas isso não está no contrato? Sim, as condições estão no contrato, mas o banco te venderá sem avisar sobre esses detalhes. Apesar de tudo estar escrito, não há muitas explicações.

O momento da contemplação

Você está ali, esperando o grande sonho de receber a sua carta de crédito contemplada. O que você não sabe, no caso de não conseguir comprovar renda, é que seus esforços não darão retorno.

É quando ocorre a contemplação que a maioria das pessoas sem comprovação de renda descobrem que deixaram isso passar em branco. Para entender, vamos retomar nosso exemplo.

O banco de vendeu um consórcio de imóvel no valor de 500 mil reais, certo? Você esteve pagando todas as parcelas em dia. Chegou o momento do sorteio na assembleia mensal, e você foi contemplado.

Agora, você precisa comprovar renda de 4 a 5 vezes maior que o valor da parcela. Se o consórcio está no valor de 500 mil, a sua parcela sai por 2.500 reais.

Isso significa que você terá que ter uma renda entre 10.000 e 12.500 reais para conseguir retirar o imóvel. Se isso não ocorrer, você percebe que investiu sem ganhos.

Como você pode imaginar (ou até se lembrar, se já passou por isso), a sensação não é boa. E tudo isso é culpa dos vendedores, que venderam uma promessa um pouco obscura.

Você fica sem saber o que fazer em relação às administradoras. Se você tentar reclamar, como as pessoas que já passaram por isso devem saber, poderá ouvir um “estava no contrato”.

E agora? Como retomar o seu sonho de um imóvel depois disso? De fato, muitas das pessoas que passaram por essa situação não se sentem mais seguras para investir em um consórcio.

Para te ajudar, vamos te mostrar como evitar situações do tipo se você ainda não é consorciado. Se você passou por isso, observe nossas dicas e evite que a situação se repita.

Importante: Existem diversas empresas que compram consórcios contemplados, e esta tem sido uma forma de consorciados anteciparem parte do valor pago.

Como evitar ser enganado pelo banco?

O investimento certo é o investimento pensado e cauteloso. Se você sofreu com esse tipo de situação, não significa que nunca mais poderá entrar em um consórcio. O segredo é ter informações e saber de todas as regras. Vamos entender melhor.

Leia o contrato

Não invista em um consórcio com pressa e sem atenção. Esse é um momento delicado: se trata do seu dinheiro e do seu sonho, seja qual for o bem que você precisa.

Ao checar no banco, solicite todas as informações referentes ao contrato. Os vendedores costumam omitir, mas eles não podem se recusar a fornecer informações quando você pede.

Ao negociar, fique atento à questão da comprovação de renda. Essa informação, como já falamos, está no contrato. Se você não conseguir provar a renda de acordo com a parcela, é melhor escolher outro investimento.

Cuidado para não investir sem garantias. Você deve saber que terá a possiblidade de comprovar renda quando receber a sua carta de crédito contemplada.

Claro que essa certeza não é realmente possível. Afinal, tudo pode acontecer durante o período sem contemplação. Mas você pode começar, por exemplo, tendo um salário fixo que cubra o valor da comprovação.

Conheça suas opções

Outra ação recomendada é pesquisar as suas opções antes de fechar um contrato. Os consórcios estão espalhados por todos os lugares. Eles atendem a compras de vários bens.

Você não precisa, com toda essa diversidade, investir no primeiro consórcio que achar. Saiba fazer uma pesquisa detalhada. Dessa maneira, você definirá a melhor opção para o seu futuro e o futuro de seus investimentos.

Uma boa dica para quem ainda está inseguro com o investimento é medir as suas certezas. Ao contratar um consórcio, você deve sair do banco com mais certezas do que dúvidas. Se você não entendeu algum detalhe, não tenha medo de perguntar antes de terminar a negociação.

De fato, podemos notar que a melhor medida é ter calma e paciência, além de organização. Sabemos que pode ser complicado, mas evite deixar que as suas emoções te dominem no momento de entrar no consórcio.

Por meio do investimento seguro, o seu sonho será sim realizado. Você só precisa de um pouco de planejamento e nunca mais terá surpresas desagradáveis no final!

1 thought on “Omissão de informações que bancos não dizem na venda de um consórcio”

  1. Confiarem banco é complicado somente querem ganhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *